Discurso de ódio contra LGBT+: até onde vai a liberdade de expressão?

Discurso de ódio contra LGBT+: até onde vai a liberdade de expressão?

junho 12, 2018 1 Por Bicha da Justiça

O discurso de ódio contra LGBT+ é cada dia mais difundido na internet. Comentários em portais de notícias, interações em postagens no Facebook, compartilhamentos de conteúdos… Vemos muitos “haters” destilando preconceito por aí a troco de nada, ofendendo pessoas inocentes apenas por sua orientação sexual e/ou identidade de gênero. E, o pior, anonimamente escondidos e covardes atrás de um perfil falso. Isso precisa parar!

Discurso de ódio contra LGBT+: até onde vai a liberdade de expressão?

Imagem: Creative Commons

Até onde vai a liberdade de expressão? Qual é o limite entre liberdade de expressão e discurso de ódio? A liberdade de expressão é um direito fundamental. Significa que você pode exteriorizar suas próprias convicções, opiniões e seu modo de enxergar o mundo.

A linha tênue entre discurso de ódio contra LGBT+ e liberdade de expressão

Sua liberdade de expressão começa onde a liberdade de expressão do outro termina e vice-versa. Assim, da mesma forma que você tem que respeitar discursos com os quais você não concorda… As pessoas também devem respeitar a opinião que você exterioriza.

Porém, a liberdade de expressão não é absoluta ao ponto de gerar desrespeito, ofensas e discurso de ódio contra LGBT+. Sob pena de configurar um crime ou gerar uma obrigação de indenização. Crimes cometidos na internet, os “cybercrimes”, são julgados como qualquer outro. Quem disse que internet não é terra de ninguém? Pois é de todos! Ninguém pode sair por aí distribuindo ofensas e comentários maldosos, nem nas redes sociais ou similares.

Discurso de ódio contra LGBT+: ofensas na internet também são crimes

Enquanto LGBT+, nós não podemos permitir que “haters” se escondam por trás da suposta liberdade de expressão para nos ofender, fomentar o ódio, o preconceito (LGBTfobia) e o desrespeito. Caso aconteça, a pessoa deve procurar um advogado e entrar com um processo na justiça. Não deixe passar! Os discursos de ódio só irão diminuir quando providências forem tomadas sempre que acontecerem.

Ofensas pela internet continuam sendo ilegais! O discurso de ódio contra LGBT+ também. A justiça está a seu favor. Converse com um de nossos advogados especializados em tempo real, clicando aqui para solicitar o atendimento!